www.SouCristão.com.br

...sua comunidade cristão na Internet

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início

A Falsidade e a Mentira

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 32
PiorMelhor 
A mentira é outro dos pecados mais generalizados de nossa sociedade, a tal ponto que a consciência de muitos cristãos têm se tornado insensível e debilitada com relação ao pecado da mentira. Existem muitas pessoas crentes que crêem "que não se pode viver sem uma mentirinha".

A mentira é covardia para não enfrentar a realidade. O homem se justifica ao mentir; considera que as mentiras são "piedosas" ou "por necessidade" ou ainda para evitar problemas maiores. São justificativas ilusórias e sem fundamentos, pois a falsidade e mentira são imorais e contrárias à conduta que Deus requer do homem.

Que é a Mentira?

Mentira: É uma manifestação contrária à verdade, cuja essência é o engano, e cuja gravidade se mede segundo o egoísmo ou a maldade que encerra. Está proibida pelo decálogo (10 mandamentos) divino (Ex 20:16), e um dos efeitos da conversão ao cristianismo é deixar de mentir (Ef 4:25).

A mentira direta, como a de Ananias e Safira (At 5:4), não é a única forma de mentira. Em algumas ocasiões se trata de meias verdades (que é uma "mentira inteira"), como Abraão disse de sua esposa Sara a Abimeleque: "É minha irmã." (Gn 20:2,12). O propósito é sempre enganar.

Pode ser também uma resposta evasiva, como a que Caim disse a Deus (Gn 4:9); um silêncio como o de Judas quando o Senhor o acusou indiretamente na última ceia (Jo 13:21-30), ou toda uma vida enganosa. "Se dissermos que mantemos comunhão com Ele, e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade" (I Jo 1:6).

A mentira não é um "pecadinho", isto não existe: Os mentirosos irão para o lago de fogo (Ap 21:8).

Hipocrisia: Pretensão ou fingimento de ser o que não é. Hipócrita é uma transcrição do vocábulo grego "hypochrités", que significa ator ou protagonista no teatro grego. Os atores gregos usavam máscaras de acordo com o papel que representavam.

É daí que o termo hipócrita chegou a designar a pessoa que oculta a realidade atrás de uma máscara de aparência.

Deus proíbe e condena a mentira e a falsidade

Cristo é o nosso exemplo de verdade

Cristo, o Senhor, nos ordena a ser absolutamente verazes; "seja a tua palavra sim, sim e não, não" (Mt 5:37). Está preparando para si uma igreja sem mancha e sem ruga ( Ef 5:27), e como discípulos seus e parte do seu corpo, devemos ser absolutamente verazes, francos, sinceros, honestos, honrados; ainda quando tenhamos de sofrer por Sua vontade (1Pe 4:15-19; 3:17; Pv 19:22).

O povo de Deus aborrece a mentira (Sl 119:104, 128,163; Pv 30:8) e rejeita os que a praticam (Sl 40:4; 101:7; 144:11; Ef 5:11), orando para ser guardado da mentira (Sl 119:29; Pv 13:5).

O dano que faz a mentira e o engano.

A mentira anestesia a consciência do mentiroso; torna-o insensível à verdade; a verdade não penetra para uma transformação. A mentira vicia com mais facilidade, já que uma mentira conduz a outra.

A falsidade e a mentira são muito prejudiciais ao relacionamento entre os discípulos de Cristo. Cria a desconfiança, o receio, a incredulidade, a suspeita. Destrói o ambiente de fé, de amor, de compreensão e estimula o ciúme. O senhor nos ordena a rejeitar a mentira em todas as suas formas: falso testemunho, engano, hipocrisia, fingimento, exagero, calúnia, desonestidade, não cumprir os tratos injustificadamente, fraude, falsificação em todas as áreas de nossa vida: lar, trabalho, comércio, igreja, autoridades, colégio, amizades, etc.

A sociedade assentada sobre a mentira e a falsidade está destinada a desmoronar. É preciso edificar uma estrutura moral de veracidade em todas as ordens e escalas da vida: nos governantes e nos governados, nos pais e nos filhos, nos patrões e empregados, nos mestres e nos alunos, nos comerciantes, nos profissionais, nos clientes.

Como se libertar e corrigir-se.

Arrepender-se: mudar de atitude e de mentalidade em relação à mentira e à falsidade. Rejeitar a mentira, eliminá-la da vida. Determinar obedecer a Deus em tudo e viver sempre na verdade. Disciplinar-se até cultivar uma nova atitude baseada na veracidade.

Confessar o pecado: (Pv 28:13-14; 1 Jo 1:9; 2:1) toda a mentira é pecado e deve ser completamente confessada, esclarecendo-se a verdade com Deus e com a pessoa enganada. Quando a mentira constitui um vício arraigado à maneira de viver, deve ser confessada a um irmão maduro, responsável, procurando uma ampla orientação (Tg 5:16).

Exortação (Tg 5:19-20: Gl 6:1-2; Ef4:25) como este pecado afeta as relações entre os irmãos, somos responsáveis uns diante dos outros para corrigir, admoestar, ensinar, etc.

 
Please register or login to add your comments to this article.

Capítulo do Dia

Se não temos para com os homens o mesmo sentimento que Deus tem, como podemos ser eficientes como testemunhas dEle?

DEUTERONÔMIO 13

Dt 13:1-5 Que séria instrução religiosa é esta. Igualmente importante para nós. Se qualquer pregador disser algo que não esteja de acordo com a Palavra de Deus, somos instruídos quanto ao que fazer.

Dt 13:3 Deus está nos provando, para ver se iremos obedecê-Lo.

Dt 13:5 Eles deviam entregar um tal pregador à morte. Evidentemente não matamos, mas devemos nos separar dele - 2 Co 6:14-18, 2 Tm 2 deixa isto bem claro. Discutirmos só nos fará mais egoístas que nunca. Mas quando entregamos a nossa vontade, isto traz glória para Deus e gozo, paz e direção para nós.

Dt 13:6-11 Bem claro. Freqüentemente nossos parentes exercem uma má influência sobre nós. Particularmente quando queremos seguir o Senhor. Temos, com freqüência, mais medo de ofendermos a nossos parentes do que ao Senhor. Repare na atitude que tinha que ser tomada. Alguém pode dizer ser isto muito estrito. Mas Deus escreveu assim. Aprendemos lições espirituais destes eventos no mundo físico. Não matamos pessoas, mas será que escolhemos amigos ou parentes que nos privam de desfrutarmos do Senhor?

Dt 13:12-18 Também é importante. Nos importa saber como outros crentes se comportam. Aquele que é fiel está preocupado com eles. Quando os crentes voltam ao mundo, ficamos tristes, mas devemos nos separar deles. Sabemos que eles nunca serão felizes até que voltem ao Senhor. Nesta seção eles não deviam desprezar nada na cidade. Deviam inquirir diligentemente logo de início para saber se a história era verdade, e então deviam agir com energia.

por Norman Berry - 1911-2001

Pesquisar

Peça uma Oração

(Opcional)







 

Corrente de Oração






 

Últimos Pedidos

  • Edgar Mario de Andrade Langa
    Perdao dos meus pecados e Baptismo com espirito santo.

  • claudia
    meu casamento meu marido está com uma amante estou triste tenho 3...

  • Requisitante anônimo
    ore por mim estou triste

  • Requisitante anônimo
    Ore por mim para Deus me dar um esposo nesessisto